Tendências para o inverno/2020

Estamos entrando no verão de 2019/20 e as passarelas do mundo da moda já sinalizaram o que vai ser destaque no inverno de 2020. Pela criação dos estilistas a gente pode perceber as referências, materiais e estampas, peças chaves, modelagem, pontos fortes e cores da nova temporada. Basicamente as inspirações do inverno/20, foram buscadas principalmente nos estilos dos anos 70 e podem ser encontradas nas tendências, Tradição, Novo Cool, Vintage & Casual e Utilitário Elegante.

A Tradição buscou sua inspiração no, conservadorismo, romantismo, hipismo e no preppy, inglês. Os babados, sem decotes , mangas bufantes e volumosas, a saia midi, as golas altas e camisas com colarinhos pontiagudos.

1- Nos tecidos, destaque para os mais espessos e com base no algodão. As lãs aparecem tanto mais felpudas quanto batidas, sendo a lã fria a melhor opção para o nosso mercado. Versão lisas ou com padronagens clássicas sao exploradas.

2- No xadrez aposte também nas personagens clássicas, como tartá, príncipe de Gales e pier de coq

3- Peças em malha retilíneo trazem elaboração através dos pontos, com tranças, armas e cancelados espessos. Os fios são penosos, tanto liso quanto mesclado.

4- A inspiração no hipismo traz o couro como um material importante, inclusive nas versões sintéticas. O destaque fica por conta das superfícies lisas e de visual nobre.

5- Os argyle e listras trazem do peppyas referências sendo os morangos simplificados e as listras largas as mais exploradas.

Peças chaves

Modelagem

Pontos fortes

Cartela de cores

Conforto e sofisticação são duas caracteristicas que andam cada vez mais juntas na moda. O esteticamente relaxado, despojado, trabalhado de forma muito elegante. Esse virou o novo jeito descolado de se vestir, onde a mulher é uma consumidora que possue um estilo de vida mais saudável. Elas colocam o conforto em primeiro lugar e estão atentas para combinar, o bem estar físico e mental. Usam produtos mais sustentáveis se preocupando, como são feitos os materiais e seu impacto ambiental.

1- As texturas sutis são importantes, vistas em pontos simplificados como jersey, link link e canelados médios e com efeito sanfona. Nos fios os isso trazem um aspecto de elegância e os felpudos de conforto.

2- A lã é protagonista, especialmente em casacos. Peças estruturadas aparecem em lã penteada e as com visual confortável prezam pelas texturas como da lã buclê.

3– Tecidos planos sofisticados também são explorados com o Sedex e os acetinado. Atente para vos brilhos pronunciados e para no uso das cores mais intensas.

4– As estampas se discretas, como o xadrez em versões mais apagadas. Geometria e riscas sem formas definidas, trazem um toque artísticos as peças.

Peças chaves

Modelagem

Pontos fortes

Cartela de cores

São os mais comerciais para o nosso público e se inspiram no cotidiano da década de 70, época importante para cultura atual. As mulheres, que foram para o meecado de trabalho, inspiravam seus trajes no quarda roupa masculino. Outras inspirações, a Biba Boutique, primeira das “lojas multi marcas” e as noites americanas, principalmente em Nova Iorque, com sua violência, contrastando com a cidades americanas do interior.

1- Tecidos de seda e viscose são essenciais para criar as peças mais femininas do estilo como camica e vestidos. Destaque para os efeitos acetinados, trabalhados om brilho leve, bem como os foscos.

2- Veludo cotelê, forte referência dos anos 70, é usado em peças com cortes de alfaiataria, ou em jaquetas e calças casuais. Tons terrosos prevalecem, porém cores mais vibrantes também são trabalhadas

3- O couro ser em versões polidas ou comacabameto blush off, relatando o aspecto vintage das peças. Já os pelos são aplicados em forros ou golas.

4- As estampas florais da temporada prezam por desenhos simplificados, criando um visual retrô e feminino. As escalas são pequenas e médias, e a aplicação pode ser tanto espalhada, quanto preenchida na peça.

5- Tanto o leopardo quanto o piton são importantes e começam a dividir espaço com a zebra. Uma atualização da temporada são as versões recoloridas. As peles naturais vem em cores viva, como o rosa, que as deixam mais joviais e divertidas. Apesar das cores diferenciadas, os desenhos se mantêm fiéis a realidade.

6- A melhoria retilínea é trabalhada no tema principalmente em falhas leves e médias, sendo uma boa opção para o inverno brasileiro. Atenção para os jacquards texturização, que podem ser uma alternativa as estampas e possuem visual vintage.

7- Mais uma vez o xadrez faz referência principalmente a influência do workwear dos anos 70. A cartela preza pelos tons neutros combinados a variação de vermelho. Aplique essa padronagens em peças como os blazeres e calças.

Peças chaves

Modelagem

Pontos fortes

Cartela de cores

A estética utilitária há muito vem insistindo no universo masculino e as tendências já foram apresentadas em outras antigas temporadas. Mesmo com toda funcionalidade, as peças não perdem a elegância. As inovações tecnológicas exigem uma roupa com compartimentos, bolsos, para oferecer praticidade.

1- Destaque para as versões com superfícies lisas e acabamento semi-brilho. Na hora de pensar em texturas, foque em padrões sutis e com pouco relevo, trazendo um apelo mais tecnológico para as bases.

2- Os tecidos planos destacam-se nas superficies opacas em materiais como algodao, linho e sarjas. Por vezes, atente para os tingimentos de tecidos que propõem um leve desgaste de cor nos materiais.

3- Atente para a maleabilidade das malhas e para as bases que trazem elastano na composição. Já no caso do nylon, o toque esportivo do material chama a atenção em contraponto as modelagens mais minimalistas ou até mesmo sofisticadas.

Peças chaves

Modelagem

Pontos fortes

Cartela de cores

Fonte e fotos: Use Fashion

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *