Espetáculo Semente, espetacular!


Na segunda feira, dia 25 passado, com o Teatro Municipal Belmira Vilas Boas completamente lotado, aconteceu uma grande noite de protesto e arte.

Logo na chegada no fouyer, a aluna de teatro Roméria Romão, de São João Del Rey, fez uma instalação, enchendo uma piscina de mil litros, com sangue cenográfico. Ela usou 147 baldes e cada um trazia o nome de um cadáver, constatando a incrível realidade, que a cada 23 minutos um jovem negro é morto no Brasil.

Esta estatistica também serviu para nortear o trabalho do ator e professor de teatro Elielson Rodrigues autor do espetáculo musical Semente, onde ele costura um texto, com dados e músicas, recolhidos através de depoimentos e notícias vinculadas pela internet e jornais no país.
No palco destaque para as presenças dos atores (todos negros), alunos da Escola Municipal de Teatro, que tiveram um maravilhosa performance, falando, cantando e dançando, acompanhados por um grupo musical, com percussão, guitarra, baixo e violão. O espetáculo é um grito, um desabafo e um alimento que dão forças aos negros para seguirem adiante,pois eles como outras minorias: homosexuais, mulheres, funkeiros e tais, são vítimas de olhares, ataques e reféns do velado preconceito ainda existente em nossa contemporaneidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *