Mais da I Mostra de Cinema e Teatro

Os diretores Euler Luz e Cézar Rodrigues, mais o curador da I Mostra De Cinema, Bruno Benecc

Culturalmente falando é muito bom chegar, em uma quinta- feira no Belmira Villas Boas, e vê-lo praticamente cheio para aplaudir os trabalhos do cineasta muriaeense Euler Luz. Foram exibidos  três trabalhos já conhecidos, como: Ubutu, que tem uma linda mensagem, Sapato Vermelho, uma comédia que levou o público a aplaudir muito, o cult A Tua Presença e um inédito Aviso Prévio, na mesma pegada do Sapato Vermelho. Aliás, Euler gosta muito dessa linha de comédia dellart e a faz muito bem, criando na história apresentada, um suspense com um final completamente inesperado. Por lá grande parte da equipe técnica e de atores, que sempre trabalha com ele em suas filmagens. Antes os alunos da Escola Audio Visual Carlos Scalla exibiram o documentário, “O Valor da Memoria” produzido por eles,

Euler Luz e sua equipe técnicos e atores, com destaque para a produtora Fernanda de Paula

Bruno Benecc atuando em A Tua Presença

Teresa Pontes, Jesus e Bruno nos corredores do Teatro Belmira 

Alunos da Escola Municipal Carlos Scalla

Depois das apresentações dos curtas metragens, foi a vez de Euler falar de seu trabalho teatral, pioneiro em Muriaé quando, na decado de 70 ele cria o Teatro Gregório de Mattos Guerra e o Grupo Chão de Minas. Dele fizeram parte, além do Euler, mais, Tereza Pontes, Celinha Couto, Tarcísio Machado, Rosane Campos, Magu Barros, Rita Perez, Amarildo, Jorge Prata e eu.  

A tarde de sexta foi aberta pela presença da atriz  carioca Adriana Rabelo, que veio divulgar seus trabalhos nos três curtas estrelados por ela, Abissal, A Cartomante e Jean.

Minha Mãe É Uma Peça II, dirigido por Cézinha, maior renda do cinema nacional

Depois foi a vez, do publico receber calorosamente o convidado especial da Mostra, o também diretor muriaeense Cézar Rodrigues, para falar da sua vitoriosa trajetória. Cézar teve uma escola ideal, tendo a oportunidade de trabalhar como assistent dos melhores diretores do pais, tanto na TV quanto no cinema.

Cézinha com Bruno, eu e Jesus Ezequiel. Eu e Bruno com Vanessa, esposa do diretor

 Hoje parac o encerramento da I Mostra de Cinema e Teatro, foi estrategicamente escolhido para a apresentação da Cia Silenciados, com a apresentação da única peça da Mostra,Um Lado do Crime“.  A Cia., que é da vizinha cidade de Guarani, e formada por: Yago Navarro, Saulo Machado; Michell Costa, e Adrielle Teles

A diretora da Fundarte, Flávia Neves, com o filho Matheus e a tia Marília, dando um take final na I Mostra de Cinema e Teatro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *