Abertura da I Mostra de Cinema e Teatro

Carlos Scalla o grande homenageado da noite da abertura da I Mostra de Cinema e Teatro

Carlos com o filho Bruno e os irmãos Ronaldo, Rui Scalla mais a cunhada Roane, que participaram como atores de seus primeiros filmes, entre eles a Lei Sangrenta

Duas gerações de cineastas muriaeense Bruno Benecc e Carlos Sacalla

Acima, cenas do filme A Luta dirigido por Bruno Benecc

Acabei de chegar da solenidade de abertura da I Mostra de Cinema e Teatro, realizada no Teatro Municipal Belmira Villas Boas, em noite de homenagem ao cineasta Carlos Scalla.Atualmente ao lado do filho Bruno ele mantém, em sua residência, um museu com muitas peças,  máquinas de filmar e projetar, e cópias de filmes realizados por ele e outros cineastas, como o lendário Humberto Mauro, da vizinha Cataguases, e dos famosos muriaeense Moacyr Fenelon e Paulo Porto. A mostra tem o patrocínio da Energisa e do Supermercado Levate do Centro.

Eu, com os cineastas Carlos Scalla, Bruno Benecc e a Diretora da FUNDARTE Flávia Neves

Agora eu, com o professor da Escola de Audio Visual, Fabiano, mais os atores do curta A Luta, Andréa do Valle, Euler Luz (acima), Luis Gustavo e Leandro Coimbra (foto abaixo)

Carlos e Bruno com a pedagoga Maria Lúcia Mayrink

Foram exibidos dois filmes dirigidos por Carlos Sacalla, “Muriaé das Matas a Cidade” e “Luta Sangrenta” e ainda um filme contando sua história: quando o jovem menino, Carlinhos, troca sua bicicleta por uma máquina de filmar. Entre os interpretes os conhecidos atores globais, Cláudia Mauro e Paulo César Grande, que fizeram os personagens de pais do Carlinhos. Encerrando as apresentações, foi exibido o premiado curta metragem “A Luta“, com direção de Bruno Benecc e atuação de Euler Luz, Andréa do Valle e os meninos, Luiz Gustavo e Marco Andrade, entre outros. Em seguida foi servido um elegante coquetel no foyer do Teatro, patrocinado pela Wizard Escolas de Idiomas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *