Clientes Vips na Praça das Artes

Neste sábado véspera do Dia das Mães, aconteceu na Pacheco de Medeiros, mais uma edição da Feira Praça das Artes.  Destaque para o afimadíssimo coral  apresentado pelos alunos e professores da Escola de Música Dó-Ré-Mí. Um show, maravilha!!Então durante a semana, acordado até tarde, fiz vários trabalhos para exposição e venda. Pena que retornei com praticamente todos para meu ateliê. Precisamos de uma melhor maneira de divulgar as feiras e de mais público que venham consumir nossas obras, acreditando que o artesanato é tão legal, quanto os produtos das famosas griffes industrializadas. Eu diria ainda que os nossos têm um componente a mais, que é a boa energia. Quando a criamos estamos fazendo com melhor de nós, o prazer. Uma peça criada fast foll jamais vai lhe trazer essa vibração. Mas infelizmente o marketing deles é muito fortes e conseguem fazer com que seus produtos te levem a fama e ao sucesso. 

Como desde da primeira feira, acontecida em novembro de 2016, estou participando com as obras do meu Ateliê Arte e Criação, então posso avaliar que precisamos  de um impulso. O movimento vem caindo, tanto na presença do público, quanto no número de artesãos. Este ano a Diretora da Fundarte, Flávia Neves, vai tornar a FAP intinerente, levando-a a outras Praças da cidade. Certamente será uma excelente maneira de divulgar o evento. Há também um idéia de fazê-la  na Praça João Pinheiro. Penso que a Praça Coronel Pacheco de  Medeiros e seu entorno, com tantos pontos de cultura e lazer,  ainda é o melhor local. Bom chega de milongas pois a nota foi feita com o intuito agradecer as três lindas clientes que nos prestigiaram, comprando em nossa barraca. A também conhecida artesã muriaeense Dedé Acar, que desenvolve um grande projeto social com os detentos da Penitenciária de Muriaé,  foi a primeira a me visitar e logo se encantou com os Escapularios de Portas, escolhendo o da Nossa Senhora das Graças, para presentear uma familiar. 

Mais tarde foi a vez da estilista muriaense Isabela Rodrigues, atualmente residindo em Petrópolis, onde tem a fábrica da sua griffe Willbe. Ela, que ainda assina modelos de peças de banho, para as conhecidas Animale e Hosklen, levou um estardante de Nossa Senhora  Aparecida, para colocar e proteger seu escritório. Chic,não! 

Nossa terceira cliente foi a bonita Isadora Ventury Carvalho, que com seus pais, os amigos Alexssandra e Nilson Carvalho, depois de 15 anos, morando em Itaobim, voltam a ficar residência na city. Comprou a woodstockana bolsa rebordada, de chita, com franja. Je vous remercie toujours!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *