Red carpet do finde

No red carpet desse finde trazemos a beleza e elegancia de Beth Mendonça Braz, esposa do nosso deputado estadual, o empresário Bráulio Braz, mãe de Bianca, Eloy e Juliana e uma avó muito dedicada aos netos, Laila, Rayla, Ivo, Maria Eduarda, Ana Júlia e Christiana. Ela tem um talento para a pintura em porcelana e atualmente tem dedicado parte do seu tempo a pintar um jogo de jantar para cada neto. Chic, não! Beth tambem está sempre pronta a acompanhar e apoiar o esposo, tanto em sua carreira politica, quanto nos compromissos do empresário. Ela adora viajar e já conhece meio mundo, mas seu destino preferido é Miami quando reúne as amigas, para curtirem a badalada cidade americana, onde possui um lindíssimo apartamento, bem em frente a praia. Para nossa foto especial ela veste um longo coloridissimo by Primeira Etapa, de BH, com sapatos da famosa estilista americana Tory Burch e bolsa Chanel. Destaque para o colar no melhor estilo masbarrah, um objeto similar a um rosario de uso tradicional entre os fiéis da religião islâmica. Já o brinco e o bracele, são de Simony Esteves, também de BH. Beth foi maquiada e penteada pelo staff do Salão Mayara, de Búzios.

8°ano da Four Disco Clube

Quando fui criar colagem com as duas fotos ( acima e abaixo), para o link, de chamada da matéria, a ficha caiu e as imagens do Zé Wilson e do Manga, me levaram a bons momentos, de gratidão, por poder estar vendo, colherem os frutos da semente que eles plantaram em seus corações. Me lembrei deles, meus vizinhos, correndo, moleques amigos dos meus sobrinhos. Depois, passavam com violões, foi a época dos estudos e da iniciação. Cresceram, mudaram, criaram famílias e hoje são duas grandes estrelas dos nossos palcos. Não por acaso, a Banda Marofagy e a Banda Zem irão fervilhar a pista da nossa badalada boate, a Four Disco Clube, que comemora em grande estilo, seu 8° ano,no próximo dia 19. Daqui nossos cumprimentos ao jovem empresário Cristovim Rabelo, por movimentar sempre a casa noturna mais conhecida da região.

Muriaé é sede do Seminário Nacional de Turismo e Patrimônio Cultural

Em tempo, queremos registrar o acontecimento do Seminário Nacional de Turismo e Patrimônio Cultural, realizado entre os dias 3 e 5 de outubro, na Unifaminas e contou com uma grande presença dos diversos setores envolvidos, como, gestores, artesãos e prestadores de serviço. O objetivo do seminário, realizado pela Prefeitura Municipal, Fundarte e Sebrae, com apoio institucional do Unifaminas e Fecitur, foi de promover o debate participativo sobre a temática através de palestras, apresentações culturais, painéis, exposição de fotografias, entre outros. O evento contou ainda com a parceria de viabilização do Circuito Turístico Serra do Brigadeiro e Agenda 21 da Cultura.

Vale lembrar que Muriaé é única cidade brasileira a participar do programa desenvolvido pela organização internacional “Cidades e Governos Locais Unidos – CGLU”, denominado “Cultura nas cidades sustentáveis: Aprendendo com Cultura 21”.

Na abertura, no hall principal, foi montada uma Feira de Negócios Turísticos com vários stands mostrando o potencial desta região de Minas, com seus parques, serras e circuitos e ainda as iniciativas já criadas para alavancar o turismo regional, bem como a produção de artesanatos e produtos diversos.


Entre as presenças, o Deputado Estadual Professor Irineu, Presidente da Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia da Assembleia Legislativa de MG, o Prefeito de Muriaé, Grego e a Diretora da Fundarte, Flavia Neves. Eles oficialmente abriram o seminário, que contou com ainda com as presenças de vários prefeitos de municípios da região, bem como autoridades ligadas ao turismo e ao Patrimônio Cultural tais como: João Cruz Reis Filho, Diretor Técnico do Sebrae; Ívna Mascarenhas, Diretora do Fundo Estadual de Cultura de Minas Gerais, representando o Secretário de Estado de Cultura e Turismo, Marcelo Matte; Adriana Ferreira Cruz, Vice-presidente da Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais; Ramon Vieira, Assessor de Gabinete do IEPHA-MG; Elise Ferreira, presidente do Circuito Turístico Serra do Brigadeiro; Mayla Toffolo Coordenadora do curso de Gastronomia e Nutrição do Unifaminas, entre outros. Após a abertura oficial foram entregues os Prêmios, aos vencedores do 1º Prêmio Muriaé de Fotografia da Fundarte.As melhores fotografias, sob o tema “turismo e patrimônio cultural”, abrangidas pelo subtema: “paisagem, patrimônio material e patrimônio imaterial” renderam lindas fotos.
Foram inscritas 13 (treze) fotografias na categoria profissional e 69 (sessenta e nove) fotografias na categoria amador e pela excelência do trabalho realizado a Fundação de Cultura e Artes de Muriaé outorgou menção honrosa aos seguintes fotógrafos. Categoria Amador:
Alexandre Fernandes Masson Jacques, Bruno Bennec, Daniela Barbosa Bisaggio, Erick de Almeida Cordeiro, Ivânia Cristina Corrêa de Andrade, Micheline do Carmo Silva Rangel, Patricia Caroline de Melo Martins. Categoria Profissional:
André Gomes de Sousa Berlinck, Ayrton Sanches Fernandes, Cláudio Antonio Gonçalves Cordeiro, Fabio Augusto Pinheiro, Fernando Raine Teixeira, Magno Thompson Valente dos Santos. Marcelo Corrêa da Silva, Thamires da Paixão Costa. Vencedores Categoria Amador: 3º lugar – Marcus Vinícius de Oliveira Guedes – subtema paisagem: Cachoeira Usina da Fumaça. 2º lugar – Darlon Muniz de Souza – subtema patrimônio material: Complexo do Cristo Redentor. 1º lugar – Jhonatan Weslley Araujo Lima – subtema paisagem: ‘Vista Panorâmica da Pedra Santa Maria”. Vencedores Categoria Profissional: 3º lugar – Euler Pereira Luz – subtema patrimônio imaterial: “Roda de Capoeira”. 2º lugar – Yasmin Amarante Rodrigues Gouvêa – subtema paisagem: propiedade rural na estrada da cachoeira “Usina da Fumaça”. 1º lugar – André Luiz Rangel da Silva – subtema patrimônio material: relógio da Praça João Pinheiro.

As fotos foram expostas durante o evento para apreciação de todos.
É necessário pensar em patrimônio cultural não apenas como política pública de preservação de um repertório de bens visando sua integridade física, ele é o diálogo constante entre passado e presente e que será legado às futuras gerações. Por isso, anualmente é entregue o “Prêmio de Incentivo ao Patrimônio Cultural de Muriaé Maria Bernadeth Andrade Silva”, com o objetivo de dar visibilidade e agradecimento às práticas de preservação cultural feitas pelos cidadãos muriaeenses. O prêmio é subdividido em cinco categorias, sendo elas: Categoria 1: Patrimônio Material, Bens Tombados – Centro Cultural e Turístico Dr. Pio Soares Canêdo- Grande Hotel Muriahe. Categoria 2: Patrimônio Material, Bens Inventariados- Residência Newton Resende Jr.

Categoria 3: Patrimônio Imaterial – Folia de Rei Anjo Serafim. Categoria 4: Responsabilidade Social- Lions Clube Helen Keller e Categoria 5: Ações Educativas – Associação dos Surdos de Muriaé. Já na sexta-feira, pela manhã aconteceu o lançamento da Cartilha de Educação Patrimonial; e Workshops simultâneos com os temas:
1. Regionalização, captação de recurso e financiamento,
2. Marketing de destino e promoção do turismo,
3. Marketing para produtos artesanais,
4. Ecoturismo e passeios turísticos: inovação, sustentabilidade e negócios,
5. Experiências gastronômicas para hotéis, bares e restaurantes,
6. Cuidados no preparo e manipulação de alimentos para hotéis, bares e restaurantes.

À tarde, iniciando os trabalhos, tivemos a apresentação da pesquisa “Muriaé pelo olhar dos turistas e dos operadores locais”, uma pesquisa realizada pela Fundarte em parceria com o Sebrae apresentada pelo consultor, Flávio Vitarelli. Logo após, a Diretora Flávia Neves ao lado do Secretário de Cultura de São José da Lapa, Sérgio de Paula lançaram o Fórum Mineiro de Gestores Municipais de Cultura, que busca a interação dos gestores na promoção e no desenvolvimento das ações de cultura.

Na sequencia o Painel “Desenvolvimento Humano e Cidades Sustentáveis: estratégias de desenvolvimento territorial” com mediação do professor José de Oliveira Junior e relatoria de Amanda Carolina Pinto Moreira e como debatedores: Ana Paula do Val, Leonardo Civale, Rodrigo de Oliveira Perpétuo, Caroline Craveiro, Juan Brizuela, Maíta Machado, Rodrigo Nunes Ferreira, Walkíria Maria de Freitas Martins.
Em seguida; também com mediação de José de Oliveira Junior, o painel Criatividade e Cidade: Memória, Turismo e Desenvolvimento Regional e como debatedores: Laura Renno Tenenwurcel, Marcos Olender, Antônio Renato Guarino, Mônica Olender, Ramon Vieira, Regina Varella, e Flávio Vitarelli.

Ao final do Seminário foi entregue o certificado de Capacitação de Agente de Turismo Rural, em parceria com o SENAR, e que foi ministrado pela instrutora Claúdia Ferolla, aos alunos que concluíram o curso realizado entre abril e outubro desse ano, com 6 módulos de formação com foco na promoção do conhecimento sobre as potencialidades e serviços do turismo em Muriaé e região, formando 9 agentes de turismo rural.
Os Certificados foram entregues pela Diretora da Fundarte, Flávia Neves e pelo Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Muriaé, Henrique Aquino aos alunos, Carlos Henriques da Silva, Clóvis Roberto Agostini, Dirce Maria Dias da Fonseca, Eliab Souza Clemente, Gilca Maria Ubner Vieira Napier, Gislei Pedro Ferreira, Roselene Duarte de Souza, Vander Bruni da Silva,Wesley Ferreira da Silva.

Já no sábado, pela manhã, foi realizada uma visita guiada, à pé, pelo Caminho Cultural da Cidade.

Merci 2

Muito obrigado aos médicos e amigos Raimundo de Paula e Antônio Francisco, pelo convite para participarmos da noite de autógrafo autógrafo e e lançamento do livro “Olhares Clínicos – uma fala literária.” A obra, reúne textos das autoras, Rosário Rivelli e Angelica Vaccarini mais dos autores, Antônio Francisco, Antônio Vicente, Felício Phoenix, Hélder Antônio e Raimundo Homem, contemporâneos dos tempos do Curso de Medicina, da UFJF. São casos contados por eles, que misturam com humanidade, médicos e e pacientes. O evento acontecerá a no próximo dia 18, na Associação Cultural Brasil – Estados Unidos, em Juiz de Fora.

5° Oktobeerlisariofest será em Muriaé

A Oktobeerliariofest, este ano será realizada em Muriaé, nos dias 11, 12 e 13 de outubro, na Kombeerlisario Garage Brewpub. O festival de cerveja artesanal mais tradicional da cidade que está na sua 5° edição, apresenta em seu cardápio varios estilos: Bohemian Pilsener Dona Nina, Pero Weiss de Caminha, Irish Dry Stout Mãe Preta Zenite e India Pale Ale Papa Francisco. Também vai fazer parte do cardápio o nosso cooler chope de vinho Dionísio. Para animar a festa, videos especialmente de bandas e cantores da década de, 60 e 70. Na sexta-feira, o festival começa as 18h e vai até 24h, com exibição de MPB e Bossa Nova; no sábado, rola das 14h e vai até as 24h, com exibição de clips internacionais, Pink Floyd, Led Zepelin, John Cash, Bob Dylan, BB King, Magic Slims e outros; no domingo a Oktobeerlisariofest começa as 11h e vai até as 19h, com repertório diverso e o show Stop Make Sense do Talking Heads. Cada um pode fazer ou comprar o seu tira gosto predileto e levar, ou encomendar na hora dos nossos parceiros diretos, Bar do Luis, Carne e Cia do Vale, Torre de Pizza, Khalifa, Temaki, Kioto, Quiósque da Praça São Paulo. O caneco de vidro (468 ml) custa R$ 60,00 com direito a encher três vezes. O refil custa R$ 10,00 qualquer um dos estilos oferecidos, o caneco de acrílico (300 ml) R$ 25,00, com direito a encher três vezes. O refil custa R$ 8,00. Copos avulsos de plástico custam R$ 13,00 (550ml) R$ 10,00 (330ml) e R$ 22,00 (770ml). O refil de canecos e copos dos anos anteriores pagam R$ 11,00. A Kombeerlisario Garage Brewpub funciona na Rua Irmã Gertrudes Monozi, 158 Bairro São Francisco –

Eles foram ao Rock in Rio 2

Voltamos com alguns clicks de conhecidos muriaeenses , que passaram no Parque Olimpico do Rio de Janeiro, para conferir nos muitos palcos do Rock in Rio 2019, grandes shows musicais. A produção mais uma vez barbarisou, com seus fogos de artifícios e nas fotos só aparece a roda de gigante, carvenosa. Segundo pesquisa, hoje tudo tem pesquisa, o melhor show foi do Scorpions, na sexta feira, dia 4, o dia do metal. No palco, o grupo tocou “Cidade maravilhosa” e usou uma guitarra verde e amarela em homenagem ao Brasil no Rock in Rio. Arrebentaram, com essa vibe de carinho e respeito pelo nosso país.

Vamos ao teatro!

Vá viver uma grande aventura, com os atores da Escola Municipal de Teatro Gregório de Matos Guerra, com direito a um tesouro perdido e uma doce amizade. A peça, “Uma história de piratas“, dirigida por Elieson Rodrigues, trata do medo que temos do diferente e de como ele pode ser vencido com o afeto.
Dias: 12 e 13 de Outubro
Hora: 18h Local: Teatro Municipal Belmira Vilas Boas
Entrada Franca

Parabéns Romeu !

Com o tema “Circo”, o casal Roberta e Antônio Hércules Vidon, reuniu familiares e amigos, em torno da comemoração do primeiro aninho do filho, Ormeu de Barros Ramos Vidon. A badalada festa aconteceu nos salões da A.A.B.B, no dia 28, passado, com uma linda e colorida decoração do Ateliê Elizabeth Helena.

Já o buffet foi assinado pela conhecida Andrea Amaro, com direito as barraquinhas, da Happy Kids, de pipoca, algodão doce e churros. A animação ficou por conta dos chics palhaços, da Mimos Produções, mas a atração foi o Ballon Bar, todo enfeitado com os balões da Nilza Balões e Baladinha Kid.

O aniversariante com a avó paterna, Adélia Ligorio ..……

.…. e com os avós maternos, Eliane e Iêdo Ramos, mais os tios e padrinhos, Raissa Carneiro e Ulisses de Barros Ramos…..

.…..com toda família Vidon….

…mais com os amigos de Campos do Goitacazes, onde o casal anfitrião reside. Roberta, que é Farmaceutica, trabalha na Prefeitura Municipal e no Hospital da Unimed, da cidade campista. Fotos: Ludmila Gusman

Red carpet do finde!

No red carpet deste finde, trazemos a beleza e a elegância de Fernanda Moreira Caetano, esposa de Adilson Caetano, mãe de Elisa e vovó corujissima de Antônio Moreira Caetano Ribeiro de Lima. Ela é formada em Letras pela FAFISM e em Secretariado Executivo com ênfase em Cerimonial e Protocolo, pelo Centro Universitário Barão de Mauá, de Ribeirão Preto. Fernanda sempre gostou de trabalhar, estar em contato com as pessoas, por isso assim que formada, foi professora do ensino fundamental em Muriaé, onde também lecionou inglês, e em Niterói, onde residiu por um tempo. Na área de cerimonialismo ela trabalhou, quando morava em Ribeirão Preto, e em Muriaé, assim que veio fixar residencia entre nós. Em 2010 ela abriu na badalada Sebastião Abrantes, a charmosa boutique Maria Santa. A loja foi para criar um point, porque Fernanda sempre trabalhou com vendas. Para nossa foto especial ela veste um long dress Jes Culture, de BH, com, sandálias Arezzo, clutch da sua Maria Santa e jóias do acervo pessoal. Foi penteada pelo staff do Cabelo & Arte com make up, claro, assinada pela irmã Simone Moreira, nossa conhecida maquiadora.